terça, 14 fevereiro 2017 18:26

[DIA 45] A PERDER DE VISTA

Fotografar permite-me aliar atividades que gosto muito.
Gosto de fotografar paisagem, mostrar as emoções que os meus olhos me transmitiram no momento de fazer a foto. Por muito breve que seja, fica guardada uma recordação do instante em que olhei e vi.
Gosto de passear, vivo num país maravilhoso e rico em história, gastronomia, paisagem; Tem um pouco de tudo.
Nunca gostei de história na escola mas agora gosto muito de aprender, cada passeio é uma descoberta.

O que menos gosto é da tendência do povo para ver o copo meio vazio. Se perguntamos como está, "vai-se andando". Se sai do trabalho às 19h é "um mouro de trabalho", esquece que ter um trabalho é uma dádiva. Se está desempregado, é "vítima do sistema". Se contrai uma doença, é "um coitado".
Sim, a vida tem altos e baixos. Há tempestades, nem sempre conseguimos ter o que sonhamos. O tempo passa, abdicamos duns sonhos em prol de outros, nem sempre por opção, sem nunca perder de vista um sorriso e o espetáculo da Vida.

O meu desabafo teve origem há umas horas. Cruzei-me com uma amiga na rua que me perguntou como eu estava, respondi-lhe "está tudo bem", a contrarresposta foi um "pois, vai-se andando..." num tom monocórdico, como se o mundo tivesse acabado há uma semana.

Publicado em Portalegre
segunda, 13 fevereiro 2017 19:12

[DIA 44] VAMOS AO CASTELO

Finalmente despachei a gripe. Inicio a semana com um passeio até à bela aldeia medieval de Marvão.
Desta vez paguei para entrar no castelo, um valor quase simbólico. Assim fosse em todos os monumentos, e muitos há em estado deplorável de conservação, e estivessem arranjados.

Publicado em Portalegre