Portalegre

Portalegre (7)

terça, 14 fevereiro 2017 18:26

[DIA 45] A PERDER DE VISTA

Escrito por

Fotografar permite-me aliar atividades que gosto muito.
Gosto de fotografar paisagem, mostrar as emoções que os meus olhos me transmitiram no momento de fazer a foto. Por muito breve que seja, fica guardada uma recordação do instante em que olhei e vi.
Gosto de passear, vivo num país maravilhoso e rico em história, gastronomia, paisagem; Tem um pouco de tudo.
Nunca gostei de história na escola mas agora gosto muito de aprender, cada passeio é uma descoberta.

O que menos gosto é da tendência do povo para ver o copo meio vazio. Se perguntamos como está, "vai-se andando". Se sai do trabalho às 19h é "um mouro de trabalho", esquece que ter um trabalho é uma dádiva. Se está desempregado, é "vítima do sistema". Se contrai uma doença, é "um coitado".
Sim, a vida tem altos e baixos. Há tempestades, nem sempre conseguimos ter o que sonhamos. O tempo passa, abdicamos duns sonhos em prol de outros, nem sempre por opção, sem nunca perder de vista um sorriso e o espetáculo da Vida.

O meu desabafo teve origem há umas horas. Cruzei-me com uma amiga na rua que me perguntou como eu estava, respondi-lhe "está tudo bem", a contrarresposta foi um "pois, vai-se andando..." num tom monocórdico, como se o mundo tivesse acabado há uma semana.

segunda, 13 fevereiro 2017 19:12

[DIA 44] VAMOS AO CASTELO

Escrito por

Finalmente despachei a gripe. Inicio a semana com um passeio até à bela aldeia medieval de Marvão.
Desta vez paguei para entrar no castelo, um valor quase simbólico. Assim fosse em todos os monumentos, e muitos há em estado deplorável de conservação, e estivessem arranjados.

sexta, 27 janeiro 2017 21:31

[DIA 27] VISTA DE MARVAO

Escrito por

Com um novo fim de semana à vista, relembro um fim de semana que começou sem cor e fomos colorindo aos poucos.

sábado, 28 novembro 2015 18:52

[DP] NEW AGAIN

Escrito por

Next time I visit this fortress I'll have to pay, with pleasure. It's great when city council take care of its monuments and don't let them fall apart.


Em 2011 arrepiei-me ao caminhar pelo que restava do Forte de Nossa Sra. da Graça. Rede telemóvel era inexistente. Separei-me do grupo e vi o maximo no mínimo espaço de tempo. Lá fora apertava o calor típico dum dia de agosto, no interior do Alentejo. Sabendo a história recente do edifício, os meus passos traziam-me ecos do passado. As circunstâncias na altura não me permitiram fazer muitas imagens. Cometi o erro de pensar 'hei de voltar'. Quando voltei, há um mês, estavam as obras de restauro em fase final.
Foi ontem aberto ao publico. Quero voltar, desta vez entrarei sem receios, com bilhete pago. Não terei a mesma liberdade de movimentos mas espero ver o dobro. Felizmente este monumento foi recuperado, a Câmara de Elvas está de Parabéns.

terça, 07 abril 2015 00:00

[DP] FLOWER FESTIVAL

Escrito por

It is time to look into these images. Not because in 2015 the streets of Campo Maior will be filled with flowers again. Simply because I am determined to erase the bad, from my memory, and keep the good. And the good were the images I brought in my camera's card.


É tempo de rever as imagens da Festa do Povo de 2011. Em 2015, o povo de Campo Maior irá novamente vestir as ruas de flores coloridas mas não é este o motivo que me leva a olhar as fotos. Faço-o porque chegou a hora de eliminar, da reciclagem da memória, as más recordações, chegou a hora de deixar vir à tona o bom. E o bom, são as imagens que trouxe no cartão da câmara.

sexta, 23 janeiro 2015 00:00

[DP] MEMORIES FROM A RECENT PAST

Escrito por

Pictures have the power to bring back abandoned memories. They take us to revisit places lost in time, old phantoms arise in the air. Reminds us the steps we had to climb to be where we stand now.
I recall the night that followed this day, a cold summer night.
Three people sitting on a coffee table, in quietness, the only noise were the conversations from surrounding tables. One, was there in body, looking vaguely to the others, trying not to see and not be seen, lost in time, lost in place, fighting to bring back a meaning to his life. The other two were silently talking with their bodies, blinded with passion, trying to go unnoticed, interacting with one another, through short messages, hiding the dim amber light from their mobiles.
These was their secret.


As imagens tem o poder de trazer de volta recordações abandonadas. Levam-nos a revisitar lugares perdidos no tempo, velhos fantasmas regressam, pairam no ar. Recordam-nos os degraus que tivemos de subir até chegar onde estamos.
Recordo a noite que se seguiu a este dia, uma noite fria de verão.
Três pessoas sentadas numa mesa de café, calados, conversas cruzadas vindas de mesas circundantes interrompiam o silencio e faziam recair as atenções naqueles três. Um deles, apenas tinha ali o corpo, esforçava-se por não ver nem queria ser visto, perdido no tempo, perdido no local, lutando para reencontrar um caminho na vida. Os outros dois comunicavam silenciosamente com os seus corpos cegos de paixão, tentando passar despercebidos, interagindo um com o outro por mensagens, escondendo a luz âmbar dos telemóveis.
Este era o seu segredo.

terça, 29 abril 2014 21:02

LESSONS FROM THE PAST

Escrito por

The past must be revisited from time to time. Learn from history to avoid commit the same mistakes in the present, will improve the better future. At least, that's what I hope and want to believe. 


Devemos visitar o passado amiúde. Evitar escrever erros do passado nas páginas do presente. Acreditar que podemos criar um futuro melhor.

"Rasgando as alturas não só buscam a glória como também a morte" (1939, Forte de Nossa Sra. da Graça, Elvas)